Ordene ao monte

Ordene ao monte

A todo instante, somos “obrigados” a tomar decisões – virar a direita, esquerda, subir, descer. E até outras que tomamos sem nos dar conta delas, ou que a tomamos, como no caso de piscar, respirar, etc.

No evangelho de Marcos, existe um ”segredo” muito importante declarado. Em verdade vos digo que se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te ao mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará o que diz, lhe será feito. (Mc 11:23).

Algumas pessoas atribuem o sucesso, ou suas conquistas, a sua fé simplesmente, mas ela não anda sozinha.
É necessário algo extremamente importante para acompanha-la, uma ação. Como identificamos no texto acima, a ação é dizer!

Deus declara que o monte será removido desde que, digamos a ele. É claro, que se diante do monte não tivermos fé que ele sairá, ele continuará onde sempre esteve. Por isso vos digo que tudo o que pedirdes em oração, crede que recebestes, e será vosso. (Mc 11:24)

Como vimos, é necessário uma ação aliada a fé. Ou, uma fé aliada a ação.

O inimigo tem conhecimento deste ”segredo”, por isso em nossas tomadas de decisões, ele tentará a todo custo fazer com que não tenhamos esta harmonia de poder em nossas vidas. Um exemplo claro? Pedro – quando ele foi chamado por Jesus para caminhar sobre as águas, ele teve fé que poderia fazer aquilo, pois Jesus o chamava, em seguida com base em sua fé, deixando o barco barco, andou sobre as águas e foi na direção de Jesus. (Mt 14:29) Tremendo isso! Ele teve uma ação positiva baseada em sua fé. Porém, observando o vento forte, teve medo e começou a afundar. (Mt 14:30)

No meio do caminho, ele foi tentado a duvidar que aquilo podia acontecer, e estava acontecendo. Resultado? Começou a afundar, pois olhou para as evidências, até que Jesus foi ao seu encontro, e o repreendeu por conta daquilo.

O inimigo sabe que a Palavra de Deus é verdadeira. Sabe que da maneira que imaginamos em nosso coração ou pensamos sobre uma determinada situação, assim ela será. (Pv 23:7)

Sabe também que tudo aquilo que dissermos, acontecerá. (Mc 11:23) Por isso, com todas as suas forças, se for o caso, ele tentará fazer com que olhemos para as evidências. E nem sempre ela é favorável, ou melhor quase nunca! E Jesus vendo que eles estavam fatigados a remar, porque o vento era contrário… aproximou-se deles, andando sobre o mar. (Mc 6:48)

Quando Moisés estava no deserto, se tivesse olhado para as evidências, a rocha jamais teria dado água, ou o mar se aberto. Poderíamos falar de Abraão, Sara, Gideão, Davi, entre outros que ousaram crer e agir contra as evidências e obtiveram sucesso, e vitórias tremendas em suas vidas.

Em Isaías 53 esta documentado que Jesus já levou todas as enfermidades (todas). Sendo assim, temos o direito legítimo de vivermos uma vida saudável, e não apenas nós, mas também os que estão ao nosso redor. Surgindo a enfermidade ou qualquer outro tipo de problema (monte), podemos declarar o que Jesus já fez e, o que podemos nEle, e manda-lo pra bem longe de nós.

Como você, eu também passo por lutas. E no meio delas, procuro o quanto antes no “manual do proprietário”, a Palavra de Deus. A solução ideal para sanar aquela situação, e com conhecimento de causa posso afirmar, sempre funciona! Porque em todas as situações, somos mais que vencedores. (Rm 8:37)

Creio que o melhor de Deus para sua vida, esta a caminho, e que este (monte) independente do tamanho ou formato, cairá!